Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eu vou indo

Porque alguém tem de ser o primeiro a explorar, ver ou partir para se poder chegar, conhecer ou usufruir. Eu vou indo...

Eu vou indo

Porque alguém tem de ser o primeiro a explorar, ver ou partir para se poder chegar, conhecer ou usufruir. Eu vou indo...

Musse cremosa de manga com... dois ingredientes... e um toque especial

Frescura, cremosidade e doçura (natural) conjugam-se numa sobremesa em que a manga é a atração principal.

1.jpg

Desperdiçar não é um comportamento, por aqui, muito apreciado. Quando se trata de comida, pior. Com processos de maturação muito rápidos, acelerados pelo calor que agora chegou, a fruta vê rapidamente chegado e ultrapassado o seu ponto perfeito de consumo. Quando isto acontece o que fazer? Esta receita deixa uma resposta quase perfeita.

Para se deliciar com uma musse fantástica basta juntar no liquificador uma(s) manga(s), leite de coco e umas pedras de sal até ficar com a cremosidade ideal, isto é, sem quaisquer grumos. Dispõe-se o preparado em taças individuais (não vá a gula despertar instintos violentos de luta pelo alimento). Acrescentam-se uns cubos de manga e, para dar aquele toque genial e diferente de frescura, um borrifo de xarope de hortelã.

Fácil, refrescante e doce. Uma maravilha!

Para ver ingredientes, quantidades e instruções é só clicar aqui.

Timberland de verão

Quando a Timberland diz que o inverno já lá vai, é porque é verdade. Como é que se sabe? Fácil, a conhecida marca de calçado de inverno lançou a sua linha para a primavera/verão deste ano.

Conforto e uma vasta panóplia de cores marcam os novos modelos concebidos para enfrentar os desafios do mundo urbano e as altas temperaturas de verão.

Com modelos masculinos e femininos, a Timberland garante o conforto e a durabilidade que se associam à marca para além do ajuste e apoio necessários para quem caminha muito ou passa muitas horas de pé

Aqui fica uma pequena amostra. 

Com um pedaço de sonho no pulso

Já dizia Lavoisier que "Nada se perde, tudo se transforma". E este é um dos casos paradigmáticos em que se comprova taxativamente a afirmação.

Que diria se à falta de poder andar ao volante de um sonhado Porsche 911, pudesse trazer no pulso um pedaço desse mesmo sonho?

Pois é, a dinamarquesa REC Watches pegou em peças retiradas de Porches 911 (infelizmente, irreparáveis!) e reciclou-as, criando uma coleção de relógios que, na verdade, serão um sonho para amantes de automóveis, mas também de relógios.

Mas a ligação ao icónico modelo alemão não se fica por aqui, já que, no design, são várias as referência aos elementos característicos da marca. Para além disso, cada relógio será um exemplar único, pois ostentará o número de identificação do veículo original das peças que lhe estiveram na origem. Para além disso, cada relógio será acompanhado por um ”Story Card”, que documentará a história do Porsche 911 para que se possa aprender um pouco mais sobre o carro que, agora, faz parte do relógio que se ostenta no pulso.

Curioso(a)? Melhor do que imaginar, só ver. Eis o resultado final. 

1.jpg