Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eu vou indo

Porque alguém tem de ser o primeiro a explorar, ver ou partir para se poder chegar, conhecer ou usufruir. Eu vou indo...

Eu vou indo

Porque alguém tem de ser o primeiro a explorar, ver ou partir para se poder chegar, conhecer ou usufruir. Eu vou indo...

Uma varanda com vista para as férias

Enquanto não chegam as tão almejadas (... e merecidas) férias, usufruir de um espaço ao ar livre é o que mais perto se pode estar desse desejo de evasão da rotina diária.

Em muitos casos, esse espaço não está assim tão longe nem inacessível. Na maior parte das nossas casas, esse retiro de comunhão com o exterior está logo ali, basta para isso fazer um correto e imaginativo aproveitamento de uma varanda ou, para os mais sortudos, de um terraço.

O daily dream decor reuniu algumas sugestões que, certamente, preencherão as medidas de qualquer citadino que se sinta como um pardal engaiolado. Há espaços para todos os gostos e feitios, para todas as longitudes e latitudes, mais ao gosto deles ou da preferência delas.

Inspirem-se e boas evasões.

1.jpg 

2.jpg 

3.jpg 

4.jpg 

5.jpg 

6.jpg 

7.jpg 

8.jpg 

9.jpg 

10.jpg 

11.jpg 

12.jpg

Profusão de luz

Quando a (muita) luz natural se encontra com um jogo de cores neutras, neste caso brancos e negros, o resultado só podia ser perfeito. A madeira faz o resto, dando aquele toque de vida natural.

Um espaço minimalista, em tudo, que o transforma num lugar tão apetecível para se viver. 1.jpg

2.jpg

3.jpg

4.jpg

5.jpg

6.jpg 

7.jpg

8.jpg 

9.jpg

10.jpg

11.jpg 

Um lugar de descanso

"No céu esteja quem fez o descanso."

Tão sábias palavras traduzem aquela que é uma das mais singelas e merecidas (e tantas vezes tão mal tratada) prioridades do ser humano: a procura de um descanso condigno e eficaz.

É com essa preocupação que, daqui, se endereçam três sugestões (bastante alternativas) para esse tão merecido descanso.A primeira opção é a mais trivial: um simples puff. Visto por muitos como um dos artigos essenciais, mas, também, complementar, para qualquer sala de estar, destaca-se pelo conforto e portabilidade. Este, em pele polida, tem a vantagem de combinar com a maioria dos espaços, e o mais importante, tem o, chamemos-lhe, "dom" de se adaptar às pretensões de qualquer vontade, tal é a sua maleabilidade. É, por isso, que se constitui como o lugar perfeito para se cair, quando se chega a casa, depois de um (longo) dia de trabalho.leather_bean_bag_2.jpg

Segue-se uma cadeira de todo "especial", mas que cumpre a sua essência natural: proporcionar o tão desejado descanso. A Gravity Balans é mais do que uma cadeira, é um elemento arquitetónico, mas que não será consensual em qualquer espaço. Projetada por Peter Opsvik para a Varier Furniture, tal como o nome sugere, esta cadeira tem a intenção de transmitir a sensação de liberdade dada pela flutuabilidade da ausência de gravidade. Conforto e ergonomia estão garantidos para um descanso puro.

gravity_balans_chair_2 (1).jpggravity_balans_chair_3.jpg

A última sugestão é a mais trivial: uma cama. Mas esta não é uma cama qualquer. Na sua essência, esta cama suspensa alia dois propósitos, o decorativo, ímpar pela sua originalidade, e o prático, ao permitir uma sensação de levitação que confere ao sono um conforto marcado pela sugestão de se pairar sobre as nuvens.fluttua-suspended-bed_1.jpg

fluttua-suspended-bed_2.jpg

Seja qual for a sua opção, votos de um bom e merecido descanso.