Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eu vou indo

Porque alguém tem de ser o primeiro a explorar, ver ou partir para se poder chegar, conhecer ou usufruir. Eu vou indo...

Eu vou indo

Porque alguém tem de ser o primeiro a explorar, ver ou partir para se poder chegar, conhecer ou usufruir. Eu vou indo...

27 de Março, 2020

Assim, a luxúria não é pecado

1.jpg

Bem sei que talvez não seja muito cordial acenar com um passeio de mota por estes dias. Todavia, esta situação não se vai manter para sempre e, em contraposição, apenas serão 10 os eleitos para se pôr ao guiador desta maravilha de duas rodas. Assim sendo, pode-se muito bem apreciar. E vale bem a pena.

Numa homenagem à mítica BMW R7, de 1934, nasceu esta edição (muito limitada) comemorativa do seu 85.º aniversário. Assente numa BMW R nine T,  e apelidada de "Nostalgia", a maior parte das peças que dão forma a esta mota são originais e construídas à medida. Uma construção que inclui luxos como painés em platina com detalhes em ouro rosa, um assento em pele da Louis Vuitton e um relógio Cartier sob o depósito de gasolina. Todos os pormenores somados, foram precisas 4000 horas para se chegar a este produto final.

Quem não gostaria de dar uma volta?

2.jpg

3.jpg

4.jpg

5.jpg

6.jpg

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.